Zé Teodoro é novo treinador do JEC

Na última partida do ano, Joinville vence Metropolitano na Arena
30 de outubro de 2018
Receita do dia | Ceviche Tradicional
30 de outubro de 2018

30/04/2012. Credito: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press. Jogo entre Santa Cruz X Salgueiro, pelo Campeonato Pernambucano de Futebol 2012, segunda partida das Semifinais, no estadio do Arruda, em Recife. Na foto, o tecnico Ze Teodoro (Santa Cruz) comemora classificacao de sua equipe para as Finais.

Joinville anunciou, após a partida contra o Metropolitano na despedida da Copa SC nesta segunda-feira, o novo treinador para a próxima temporada. O escolhido foi Zé Teodoro, de 54 anos, que teve como último clube o Uberlândia-MG, onde tentou resgatar a equipe do rebaixamento no Estadual, mas sem sucesso.

Foto: Ricardo Fernandes/D.A Press.

“O Zé, sobretudo, é um cara que conhece o Estadual, foi muito vitorioso, conhece a (quarta) divisão, tem um banco de dados com muitos jogadores de Série C e D, até porque concorreu nesta divisão, por isso a escolha por ele”, justificou Agnello Gonçalves, executivo de futebol do JEC.

Agnello também afirmou que ainda não sabe qual será o nível de investimento à disposição para o treinador. Ele, inclusive, não vai trazer um auxiliar junto. O Tricolor ainda irá ao mercado para a contratação do profissional, que deve ser permanente na comissão técnica. Segundo Gonçalves, o Joinville deve contratar de 10 a 12 jogadores para a disputa do Catarinense 2019.

Não está definida também o dia da apresentação de Zé Teodoro, mas deve acontecer próxima da apresentação dos jogadores após três semanas de férias a partir desta terça-feira.

Ex-lateral direito, Zé Teodoro começou carreira como técnico em 2006

Zé Teodoro nasceu em Anápolis, no interior de Goiás, em 1963. Lateral direito, foi campeão com o São Paulo em 1986 e 1991. Como treinador, passou por mais de uma dezena de clubes. Em Santa Catarina, vestiu as cores do Avaí, em 2006.

Um dos pontos que fizeram ser o escolhido foi o bom desempenho nos Estaduais. Em 2006, conquistou o Cearense pelo Ceará. Voltaria a levantar o título do mesmo estadual com o Fortaleza, em 2010. Em 2011, levou o Pernambucano com o Santa Cruz e, no mesmo ano, conseguiu o acesso à Série C. Em 2012, sagrou-se bicampeão em Pernambuco com o Santinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *