Técnico Zé Teodoro é apresentado no Joinville

– Bill Gates apresenta o vaso sanitário reinventado, sem água nem rede de esgoto
8 de novembro de 2018
Angélica desmente suposto romance com Zezé di Camargo e desabafa
8 de novembro de 2018

Zé Teodoro foi apresentado na manhã desta quinta-feira (8) na Arena. Foto: Divulgação/JEC.

A apresentação de Zé Teodoro, novo treinador do Joinville, realizada na manhã desta quinta-feira (8), na Arena, foi marcada por diferença no discurso do recém-contratado com o executivo de futebol Agnello Gonçalves sobre como deve ser a postura tática e o perfil técnico do elenco.

Enquanto Agnello já chegou a afirmar que está à procura de jogadores “reativos“, que saibam trabalhar sem a bola e privilegiando o contra-ataque, Zé chegou falando em “dar espetáculo”.

“O futebol é moderno. O jogador tem que ser técnico, mas precisa aprender a marcar e jogar sem a bola. Vamos encontrar jogadores, dentro da nossa realidade de investimento, que possa ter essa condição. Preciso de tempo para dar espetáculo, talvez seja no segundo turno (do Catarinense) que nossa equipe possa encontrar o entrosamento perfeito”, justificou o treinador.

A expectativa no Joinville é pela chegada entre 12 a 15 jogadores até o início do Estadual, que tem a estreia do JEC marcada para o dia 16 de janeiro contra o Brusque. No total, o elenco deve ficar em torno de 30 atletas.

Segundo Zé, que tem auxiliado Agnello no contato com jogadores, as negociações estão sendo complicadas. “Estou tentando convencer esses jogadores para virem encarar esse desafio junto com a gente”, afirmou, que busca jogadores para compor com os jovens do atual elenco.

Agnello Gonçalves esteve ao lado de Zé Teodoro durante a coletiva de imprensa e também respondeu a questionamentos. Foto: Yan Pedro/Replay.

A apresentação do atual elenco, que hoje conta com cerca de 12 jogadores, está marcada para o dia 22 de novembro. Ainda há indefinições em relação à permanência de algumas peças, como os volantes Roberto e Kadu e o lateral esquerdo Gustavo. Agnello preferiu não comentar o assunto.

Por outro lado, o executivo de futebol já indicou que o lateral esquerdo Diego (2ª divisão do Japonês), o lateral direito Caíque (Goiás) e o atacante Grampola (Paraná), que retornam de empréstimo no final desta temporada, não devem ser aproveitados em função do salário elevado. A intenção do Tricolor é lucrar com esse trio, seja novamente por empréstimo ou com a venda deles.

Zé retorna nesta sexta-feira para o interior de São Paulo, onde tem residência. Ele deve retornar a Joinville na semana que vem em definitivo.

Texto: Yan Pedro/Redação Rádio Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *