Técnico Zé Teodoro comenta chegada ao JEC

Ivete Sangalo desiste de participar de Segundo Sol e levanta suspeitas
30 de outubro de 2018
Dia de Finados deve levar 200 mil pessoas nos cemitérios públicos de Joinville
30 de outubro de 2018

Zé Teodoro ainda não tem data definida para a apresentação no JEC. Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

Zé Teodoro, anunciado como novo treinador do Joinville na noite desta segunda-feira, ainda não chegou a cidade, mas já trabalha com a diretoria no planejamento para a temporada de 2019. Em entrevista ao repórter Yan Pedro, exibida durante o Clube Esportivo 1ª edição desta terça, o técnico comentou o acerto com o Coelho. Ele diz estar  “confiante e otimista” para enfrentar o que classificou como “desafio”.

“Sabemos das dificuldades e do momento que vive o clube, mas a gente pode mudar muita coisa. Vamos conseguir montar um grupo forte para buscar os resultados e trazer de volta a credibilidade”, disse Zé, que ainda não tem data definida para a apresentação.

O treinador de 54 anos, que foi lateral direito nas décadas de 80 e 90, com grande de destaque no São Paulo, onde conquistou dois títulos brasileiros. No JEC, Zé espera contar com o apoio da diretoria e da torcida.

“Agora, se me derem o tempo necessário para montar, para poder fazer um time forte, (vamos conseguir) brigar de igual para igual com todos”, ressaltou Teodoro, que tem no currículo quatro títulos estaduais pelo Ceará (1), Fortaleza (1) e Santa Cruz (2), clube em que também conquistou o acesso à Série C em 2011.

O pedido de Zé Teodoro faz sentido. Recortando o histórico de troca do comando técnico desde a saída de Hemerson Maria em 2015 durante a Série A, são 12 treinadores em três anos e cinco meses. A média de permanência sob o comando do Coelho neste período é de três meses e meio.

Texto: Yan Pedro/Redação Rádio Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *