Neymar reduziu quase pela metade o número de quedas em jogo contra a Sérvia

Receita do dia | Moqueca rápida de frango
28 de junho de 2018
Divulgado o calendário de pagamento do abono salarial de 2017
28 de junho de 2018

Depois de ter caído uma vez a cada nove minutos, em média, nas partidas contra a Suíça e a Costa Rica, Neymar reduziu quase que pela metade as vezes em que foi ao chão no jogo decisivo contra a Sérvia. Nos 96 minutos do jogo, que terminou com a vitória da seleção por 2 a 0, o camisa 10 caiu seis vezes, média de um tombo a cada 16 minutos. Na primeira disputa da Copa, contra a Suíça, foram 12 quedas. Contra a Costa Rica, Neymar e o gramado se encontraram dez vezes.

Na partida desta quarta-feira, foram três quedas no primeiro tempo e outras três no segundo. O equilíbrio também se manteve em relação à marcação de falta: em três quedas, o árbitro iraniano Alireza Faghani mandou o jogo seguir adiante.

O atacante teve a primeira queda mais tardia entre todos os jogos: sofreu a primeira falta aos 31 minutos do primeiro tempo. Todas as quedas ocorreram no ataque, e apenas uma ainda no campo de defesa.

Nesta quarta-feira, o EXTRA mostrou que, em média, Neymar caiu 11 vezes por jogo, nas duas primeiras partidas da Copa. Em metade das quedas, os juízes não marcaram falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *