Educação e Segurança Pública criam Plano de Ação para reforçar segurança nas escolas

Secretaria da Saúde reforça a necessidade da vacinação contra Febre Amarela após confirmação de morte pela doença em Joinville
28 de março de 2019
Udesc Joinville oferece curso gratuito sobre jogos educativos
28 de março de 2019

Um dos principais canais de comunicação do mundo será utilizado para aprimorar a segurança nas escolas públicas estaduais de Santa Catarina. As equipes das secretarias de Estado da Educação (SED) e Segurança Pública (SSP) estão elaborando um Plano de Segurança, onde por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, diretores e Polícia Militar terão canal direto. O policiamento no entorno das escolas também será reforçado.

“Os mais de 1 mil diretores poderão passar informações instantaneamente após o registro de algo fora do comum no ambiente escolar ou no entorno da escola. Caberá a PM fazer o monitoramento das informações e a verificação da ocorrência”, explica a secretária-adjunta da SED, Carla Bonh.

Com orientação da SED, os gestores escolares farão o diagnóstico da situação nas escolas para traçar metas e melhorar a segurança onde for necessário. Entre os assuntos que estão sendo estrategicamente abordados entre as secretarias, também está previsto reforço da ronda policial em horários diferenciados no entorno das escolas.

“A integração propiciada e determinada pelo Governador Carlos Moisés, além do processo de transparência que estamos buscando tanto na Segurança Pública quanto nas demais Secretarias, propicia momentos como esse, de diálogo e agilidade na busca de inovação de ações, que sejam eficientes no processo de formação de um novo cidadão. Assim sendo, a Segurança Pública e a Educação devem caminhar juntas para a formação de uma sociedade com mais qualidade de vida em todos os sentidos”, afirmou o secretário de Segurança Pública e comandante geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes.

De forma pedagógica, ações de prevenção e, quando ocorridos, atos de violências são trabalhados no ambiente escolar com a Política de Prevenção às Violências na Escola originado pela SED. O documento prevê a existência de Núcleos de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento às Violências na Escola (NEPRE) na SED, Gerências Regionais de Educação (Gered) e unidades escolares estaduais, que realizam ações preventiva no ambiente escolar.

Plataforma de registros

Para registrar ocorrências, identificar tipo e motivo de qualquer situação de violência no ambiente escolar, a SED possui a plataforma Nepre Online. Com o sistema é possível aperfeiçoar e elaborar novas políticas educacionais de forma preventiva e integrada entre equipes escolares, Regionais e SED, articulando a rede de serviços no âmbito da assistência social, da saúde, da segurança pública, e com apoio do Ministério Público, do Conselho Tutelar e, principalmente, da família. 

Foto: Osvaldo Nocetti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *