Anitta lamenta morte de seu cachorro Afonso

Trecho da BR-101 em Itajaí terá desvio no trânsito
29 de abril de 2019
Arquivo Histórico de Joinville realiza roda de conversa sobre ofícios antigos
29 de abril de 2019

Anitta deixou seus seguidores de coração partido ao revelar na noite deste domingo (28) que, assim como Xuxa que perdeu o pet Dudu recentemente, seu cachorrinho mais novo, Afonso, morreu. “Trabalhando em São Paulo, poucas horas antes de acabar vi que não voltaria pra casa hoje pelo mal tempo. Fiquei triste por estar morrendo de saudade da minha casa.

Agora, minha vontade é de não voltar mais pra não perceber que você não vai me receber. Poucos minutos atrás descobri que meu filho mais novo faleceu. Sim, meus cachorros,pra mim, tem a importância de qualquer ser humano. Só consigo sentir dor. Só isso. Eu tava doida esperando você crescer pra viajar comigo. Não consigo acreditar. Tá f***”, escreveu a cantora, que usou um look estiloso para cruzar o tapete vermelho do Billboard Latin Music Awards, em Las Vegas, nos Estados Unidos, na última semana.

AFONSO NASCEU COM PROBLEMA NO CORAÇÃO

Recentemente Anitta contou aos seus seguidores que estava muito preocupada com a saúde de Afonso. “Eu to meio sentimental hoje. Descobri que meu cachorrinho Afonso tá com problema no coração e eu estou indo viajar e ele está internado”, disse em sua rede social. E explicou que o bichinho de estimação já nasceu com uma deficiência no órgão, o que não foi detectado de imediato pela família. “Ele nasceu com probleminha e sempre que a gente chegava pertinho dele, ele ficava (artista reproduziu um barulho ofegante). A gente achou que era charminho e tal, até que levamos no médico e ele ficou lá de vez. Agora é rezar que ele vai tomar remédio, se sair da crise vai operar, se não… e eu vou viajar, mas minha mãe está lá com ele”, contou a dona do disco “KISSES”, que fez uma parceria com ninguém menos que Madonna.

CANTORA COSTUMA LEVAR PETS AOS SHOWS

Louca por seus cachorros, Anitta assumiu em sua rede social que, para ela, sucesso era poder levar seus pets aos seus shows. “Meu sonho era chegar num nível de carreira que eu pudesse fazer o que eu quisesse. Aí você pensa: ‘O que ela vai querer? Toalhas bordadas a ouro no camarim, 80 pétalas da flor que nasce no Himalaia?’ Não! Era só fazer isso: levar o meu cachorro pro show. E estou levando!”, vibrou. E mostrou o trajeto para o evento ao lado do pet Plínio: “Tá vendo que delícia, gente! Chegar num nível da carreira que você pode levar o cachorro pro show. Isso é um termômetro se você está bem ou não. Se você pode levar o seu cachorro e acha que ninguém vai reclamar, aí quer dizer que você chegou lá. E eu cheguei lá e eu vou chegar lá com ele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *