Programa de Aquisição de Alimentos faz ponte entre produtor rural e rede socioassistencial

Idoso é preso em Navegantes por se masturbar dentro de avião
9 de agosto de 2018
Receita do dia | Brigadeiro Chokito
10 de agosto de 2018

Às 4h da manhã desta terça-feira (07/08/2018), uma equipe formada por servidores da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Subprefeitura Oeste já estava na Central de Abastecimento de Joinville (Ceasa) para receber alimentos de produtores rurais cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos, efetuar a separação e conferir o peso para a distribuição às entidades beneficiadas. Esta tarefa irá se repetir todas as terças-feiras.

O programa faz uma ponte entre o produtor rural, que recebe os recursos repassados pelo Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social, e as entidades cadastradas e avaliadas pela SAS. Em 2018, estão cadastrados 103 beneficiários fornecedores, ou seja, agricultores que vão entregar frutas, verduras, legumes, peixe e itens da agroindústria e de panificação. Do outro lado estão 37 beneficiários formados por entidades da rede socioassistencial e de equipamentos públicos de Segurança Alimentar e Nutricional.

Todo o cruzamento de dados, de quem tem os itens disponíveis com as necessidades das entidades, é feito pela equipe da Área de Segurança Alimentar e Nutricional, em parceria com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. As instituições que vão receber os alimentos serão acompanhadas, bem como as ações dos agricultores que fornecem os produtos.

Sobre o Programa

Realizado pelo Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social, o Programa de Aquisição de Alimentos é aplicado em Joinville desde 2011, com o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Em 2018, serão destinados R$ 300 mil para compras, sendo 40% destinados à agricultura familiar de público prioritário, 40% para a agricultura familiar agroecológica e 5% para as mulheres agricultoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *